segunda-feira, 20 de maio de 2019

Afta - Causas e remédios naturais


Aftas são muito comuns para a maioria das pessoas, e suas causas são diversas, assim como seus tratamentos.

Veja mais sobre aftas logo abaixo

O que causa as aftas?

Existem vários motivos para as aftas aparecem em nossa boca, e ainda não se sabe exatamente o que as causa.

A baixa imunidade é um dos facilitadores do aparecimento das aftas, pois o organismo está mais frágil e não se defende bem dos ataques de bactérias e micróbios.

Os traumas que ocorrem na boca também geram aftas, sendo o mais comum morder a parte interna da bochecha.Sabe-se também que fatores genéticos influenciam na frequência com que as aftas aparecem, sendo muito bem documentado pela ciência.

O estresse e a ansiedade são facilitadores para as aftas, aumentando bastante a frequência delas em períodos em que estamos “carregados”. As aftas podem surgir por carência de algumas vitaminas e minerais, como a vitamina do complexo B, C e o ácido fólico.

Além disso, consumir muitos alimentos picantes, ácidos ou duros pode causar aftas também, assim como o tabagismo e o alcoolismo.


Remédios naturais para curar as aftas

Uma ótima maneira de diminuir as aftas é enxaguar a boca com bicabornato de sódio, pois ele neutraliza o pH da afta, levando sua eliminação.

Pode-se usar a solução de água e sal para fazer bochechos, pois ela é um forte antisséptico e irá ajudar contra a afta.

O mel é um forte aliado no tratamento das aftas por conta de sua ação antimicrobiana, bastando aplicar uma pequena porção por cima da afta.

Usar gelo no local da afta é muito eficiente quando queremos eliminar a dor causada por ela.Isso se deve à vasoconstrição causada pela baixa temperatura, diminuindo o fluxo sanguíneo local. A Aloe Veraé muito boa contra a afta, bastando aplicar um pouco de seu gel em cima do ferimento.

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Como prevenir o câncer?




A doença do século, o câncer infelizmente não existe ainda uma fórmula de cura, porém existem tratamentos eficazes em alguns casos, o câncer é uma doença muito complexa, que ainda é uma caixa de surpresas para os médicos e cientistas.


Até onde sabemos existem dois modos em que uma pessoa pode ter adquirido a doença, por meio da genética, pessoas que já nascem com a célula defeituosa de predisposição a se tornar no futuro uma célula cancerígena e o câncer que pode ser evitado ao adquirir modos de vida saudáveis.


Como evitar?


A exposição solar somente com proteção solar, deveria ser uma regra da vida, um dos cânceres mais comum e com alta taxa de morte é o câncer de pele, pode ser evitado com o controle da exposição solar principalmente nos verões quando os raios UV/UVA maléficos a nossa pele está elevados. Recomenda-se o uso de proteção solar fator 30 no mínimo, na validade e sempre é bom a visita a um dermatologista para avaliar suas pintas e manchas na pele.


O consumo de cigarro é um alto precursor do câncer de boca e pulmão, o fumo do cigarro extremamente maléfico ao nosso organismo, possui toxinas e químicos cancerígenos, prejudicando até o fumante passivo.  


Evite comidas com alto nível de conservantes como os ultraprocessados, salsicha, presunto, peito de peru, podem estar ligados ao risco de o câncer de reto e o câncer no estômago causado pelo uso de nitritos e nitratos nesses alimentos.


O consumo em grandes quantidades e rotineiramente do álcool também deve ser evitado, o álcool em níveis elevados é prejudicial ao fígado sendo um precursor do câncer de fígado e intestino.


Para as mulheres o uso do anticoncepcional é um risco para o desenvolvimento do câncer de colo de útero e o câncer no endométrio, seu uso deve ser feito sob orientação médica e quando necessário. Também é recomendado a vacinação de HPV (disponível também para meninos) entre adolescentes que não iniciaram sua vida sexual ativa.